Reunião ministerial em Brasília

Foi marcada uma reunião para essa quinta-feira (23 de fevereiro), pela missionária Ruth de Oliveira, a pedido do recém empossado presidente nacional da Igreja Casa da Bênção (ICB), missionário Jair de Oliveira e a diretoria do Supremo Concilio – SCT, com todos os pastores e líderes de departamentos das mais de cem igrejas da ICB DF. O missionário Jair quis ter esse encontro para estar mais próximo e ajudar a missionária e toda a superintendia neste novo momento em que a igreja vive.

A missionária Ruth, fundadora da Casa da Bênção e superintendente do DF, trouxe uma palavra com ênfase no tema que o Senhor a deu: “Enchei-vos do Espirito”, baseada em Efésios 5:18. Disse da importância de termos uma vida com maior intimidade com Deus. Falou também sobre o que o Senhor tem feito após os 40 dias de jejum e oração que o DF fez.

A diretoria da Igreja Tabernáculo Evangélico de Jesus – ITEJ e do SCT, estiveram presentes. Além do missionário Jair de Oliveira, presidente Nacional da ITEJ e do SCT, estiveram, missionário Wilson Ribeiro, primeiro vice-presidente, missionário Jaime Caieiro, segundo vice-presidente, missionário Antônio Palaroni, diretor administrativo do SCT, e os demais diretores, pastores Arcentik Dias, Jefferson Figueiredo, Marcus Galdino e Fabio Oliveira e o missionário Sergio Affonso.

O segundo orador da noite foi missionário Jair de Oliveira. Externou sua alegria em estar falando aos pastores e líderes do DF, fez uma menção especial a missionaria Ruth e sua importância para igreja. Relatou suas viagens por diversos estados nesse começo de ano visitando as superintendências. E fez uma reflexão sobre o tema: “Autoridade e Submissão” o trono de Deus estabelecido sobre autoridade. Infelizmente foi apenas uma introdução. Ouça a mensagem.

Em outro ponto o missionário Jair disse: “nunca ter tido ambição por cargo de comando, de liderança dentro da nossa igreja. Minha paixão é plantar igrejas, é ganhar almas, é ver vidas transformadas pelo poder do evangelho. O que arde em minha a paixão pela gloria de Deus. Um cargo de presidente de uma igreja com mais de 2000 igreja é uma reponsabilidade, que nunca busquei. Nunca fiz política para isso, não puxei tapete de ninguém para isso. Pelo contrário em 2010 quando essa diretoria atuante foi eleita. Encaminhei uma carta para o apóstolo pedindo a ele que substituísse meu nome, pois não queria me envolver em questões administrativas. O apóstolo não aceitou e disse que precisava de mim na diretoria e rasgou a carta. Depois quando ele foi internado, sem condição administrativa, assumi interinamente relutante. Tentei passar aos outros vice-presidentes. E em oração o Senhor me falou: “Para um tempo como este é que chegaste onde estas” (Ester 4:14), as coisas foram acontecendo. Deus foi conduzindo. Eu só estou onde estou, por uma ação de Deus. Eu sou seu conservo”.

Logo após o missionário Jair, fez introdução a uma parte administrativa e relatou sobre um novo dinamismo que SCT pretende levar a igreja, seguindo a palavra profética: 50 anos em 5, falou sobre a realocação de recursos, visando o crescimento da ICB. Por fim o missionário Palaroni, expos como será a convenção mundial 2017. Que o SCT e o presidente da igreja estarão na direção geral e deixou claro que não haverá mudanças e um tributo ao apóstolo está sendo preparado em conjunto com a superintendência de Brasília.

Foi uma noite elucidante e de comunhão.

Clique no icone abaixo e ouça a mensagem.

2 de Março de 2017|Notícias, Revista Mensagem|

Sobre o Autor:

Um Comentário

  1. […] Reunião Ministerial em Brasília […]

Deixar Um Comentário