A Folha de S. Paulo fez uma boa matéria sobre os judeus marroquinos que imigraram para o Norte do Brasil.

“A família do senador Davi Acolumbre desembarcou no Brasil em 1905, quando chegaram seus bisavôs maternos Alberto e Sarah Alcolumbre. Oito anos depois, nasceu em Belém Isaac Alcolumbre, avô materno do senador, que ganhou notoriedade no comércio de metais preciosos.

Publicidade

Nos anos 1930, chegaram José Tobelem e Maey Alcolumbre Tobelem, avô e avó paternos do senador. Eles estabeleceram-se inicialmente em Belém, no Pará, onde em 1948 nasceu o pai de Davi, Samuel José Tobelem.

Ainda na infância, Samuel mudou-se com os pais para o Amapá, onde fixou-se numa região entre os rios Matapi e Vila Nova. Junto com os irmãos, passou a atuar no comércio, comprando látex, borracha, peixe e produtos agrícolas das populações ribeirinhas. Os produtos depois eram revendidos na feira do povoado de Santana, que começava a se firmar como entreposto comercial.”

Fernando Lottenberg, da Confederação Israelita, comentou:

“As pessoas pensam que chegamos ao Brasil depois da Segunda Guerra, mas estamos aqui há 500 anos. Viemos junto com as caravelas.”

 

Fonte: Site o Antagonista