Uma festa que remonta os tempos do velho testamento e que a onze anos tem sido realizada na primeira semana de cada mês de junho, segue em linhas gerais os ordenamentos de Deus contidos em Levíticos vinte e três e Deuteronômio dezesseis. São montadas tendas conforme Deus orientou, uma para cada tribo, mais a tenda do tabernáculo onde fica deposita uma réplica da arca do concerto.

Nesse domingo dia sete de junho, depois de uma cerimônia com a participação dos pastores e oficiais das igrejas filhais foi aberta oficialmente a Festa dos Tabernáculos, muitos dos presentes já queriam adentrar nas tendas onde recebem a oração e a unção do pastor que está na tenda. Mas a reunião precisava continuar.

Publicidade

Após alguns louvores entoados no estilo judaico, o Apóstolo Doriel passou a palavra ao missionário Paulo Canuto que trouxe uma palavra edificante. A presença de Deus foi intenção, muitos chegaram à lágrimas diante da presença de Deus.

Na celebração da noite, o missionário Paulo Canuto, também foi o preletor.

A Festa dos Tabernáculos vai até o próximo domingo dia 14 quando será celebra da a santa ceia de junho.

Fotos: Flávio Carques / Ester Lara