Um coração agradecido

Baixe essa lição aqui

Fil 4:6-7 – Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças.

O Ano está se iniciando e muitos, já fizerem os seus pedidos a Deus, nesse pedidos incluem casa, família, emprego, saúde e etc…, mas, muito raramente falam e fazer ação de graças pelas bênçãos já recebidas, por isso, vamos começar o ano fazendo o contrário da maioria, vamos começar agradecendo ao Senhor por tudo que ele nos concedeu. Para começar vamos ver a semelhança entre AÇÃO DE GRAÇAS E GRATIDÃO;

Ações de graças  – expressam a gratidão que temos por Deus em relação a todos os benefícios que Ele fez, faz e fará por nós.

Gratidão – É o reconhecimento de uma pessoa por alguém que lhe prestou algum benefício, um auxílio, um favor etc… A gratidão envolve um sentimento de dívida para com outra pessoa que é frequentemente acompanhado por um desejo de agradecê-la. Quando temos um coração grato não dependemos de circunstâncias para agradecer.

Vejamos dois exemplos na Bíblia Sagrada sobre gratidão.

1 – JESUS E OS DEZ LEPROSOS. 17. 11-19

Vejamos por exemplo a história de Lucas 17:11-19. Nesta passagem, Jesus estava a caminho de Jerusalém, com a data da crucificação se aproximando. Ao passar entre a Samaria e a Galiléia, se aproxima de uma aldeia cujo nome não se registra. E fora desta aldeia, dez leprosos acampados em tremendo abandono e vergonha. E ali fora da cidade, aqueles homens encontram JESUS, e começam a implorar por ajuda. Jesus ordena que eles fossem para Jerusalém com a finalidade de se apresentar ao sacerdote, pois só o sacerdote poderia declará-los puros.  No caminho eles, observam que         o milagre havia acontecido. Entre eles havia um samaritano. Quando este samaritano percebe que tinha sido curado resolve voltar ao encontro de Jesus, louvando a Deus em voz alta.  Ao encontrar-se com Cristo, este lhe pergunta: Não foram dez os que foram curados, onde estão os nove? Hoje, muitos agem como os nove que não voltaram para agradecer.

Porque Deus sempre tem um, em meio a dez, que deixa tudo e volta só para adorar e louvar a Cristo – enquanto os outros noventa por cento continuam na rotina?

Julgamos a estes nove porque erraram em não voltar, mas nossa tendência é parecida em muitos momentos com o comportamento deles. Procuramos a Deus para obter dEle suas bênçãos, e muitas vezes não o procuramos para exercitar relacionamento com Ele por meio da oração, e do conhecimento da sua palavra. As vezes, erramos porque procuramos a Deus por aquilo que Ele tem para nos dar, e não por Aquilo que Ele é. A gratidão foi o sentimento que moveu aquele samaritano a voltar e adorar a Jesus por aquilo que Ele fez.

 2 – O QUE DAVI DIZ SOBRE AGRADECER A DEUS

Salmos 116. 12 – O salmista aqui, esta pensando numa forma de retribuir a Deus, por tudo aquilo que Deus lhe fez. Sua atitude é semelhante a do samaritano que volta para retribuir a Cristo o bem que havia recebido com Gratidão e louvor. E não há outra forma melhor de pagar o bem recebido do que com gratidão. É movido por gratidão que o salmista pergunta: Que posso dar ao Senhor como forma de expressar minha gratidão? Certamente esta pergunta poderia também ser feita por cada um de nós: Que posso dar ao Senhor, que gesto posso ter, ou que comportamento como forma de expressar minha gratidão por tudo que tenho recebido dEle? Eu te pergunto: o que eu e você podemos fazer mais para Deus, como forma de expressar gratidão? Será que nossas atitudes realmente revelam que há em nós um coração grato? Será que temos agido com compromisso na obra de Deus, como uma forma de demonstrar coração grato? Será que temos orado e meditado mais na palavra do Senhor como forma de evidenciar gratidão?

Conclusão – Se desejamos ser gratos, devemos ver, que há algo especial em tudo o que é colocado em nossas mãos. Seja a Igreja, o emprego, a pessoa com a qual nos casamos, a casa em que moramos, a família que temos, o ministério que realizamos na Igreja, a célula que participamos, enfim, em cada coisa que o Senhor nos tem dado. Devemos nos lembrar que Deus é a fonte de todas as coisas boas que recebemos e que existe um princípio espiritual:  quando há gratidão, há multiplicação e há prosperidade em todas as coisas.  Será que eu e você, somos gratos a Deus independente das circunstâncias?

17 de Janeiro de 2017|Alimentando o Rebanho|

Sobre o Autor:

Deixar Um Comentário