Serão minhas testemunhas

Baixe essa lição aqui

Atos 1:8 (ACF)

Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra”

 

Introdução

Um pouco antes da descida do Espírito Santo, o Pentecostes em Atos, os discípulos ouviram estas palavras do Senhor.

É estranho perceber que homens que conviveram com Jesus tanto tempo, ainda SERIAM testemunhas. Então vamos entender melhor.

 

O que é uma testemunha?

Pelo nosso dicionário, é uma pessoa que testemunhou, que assistiu a um acontecimento, um fato. Aquela que assiste a um ato, a fim de atestar a sua veracidade ou validade legal; é aquela que declara à justiça, por modo próprio ou mediante convocação, ter presenciado ou conhecido um fato.

Pensando dessa forma, fica estranho a frase de Jesus dizendo que AINDA SERIAM testemunhas, pois estes homens conviveram com Jesus mais de 3 anos! O que faltava a estes homens que viram tantos milagres e maravilhas?! Pense bem…você pode defender sua mãe quando alguém a ofende pelo que ela faz ou pelo que ela representa para você? Com certeza é muito mais pelo que ela representa, pelo que significa em sua vida.

Por isso Jesus disse que eles SERIAM testemunhas pois do ponto de vista cristão e dentro do contexto do Novo Testamento podemos dizer que testemunha é um mártir, aquele que preferiu morrer a renunciar à sua fé, por defender a veracidade do que consiste “a Palavra de Deus” entregando a própria vida para este fim, para que a essência desta verdade fosse preservada.

Pensando dessa forma sobre o real significado, você entregaria sua vida para Jesus? E por Jesus?

 

Ver e saber…não torna você uma verdadeira testemunha!

Um pouco antes da morte de Jesus na cruz tudo que os discípulos viram ou testemunharam…não foi suficiente para permanecerem em suas convicções como seguidores de Cristo. Eles fugiram, se esconderam e negaram conhecer a Jesus…renunciaram sua fé! Ver e saber que Jesus tem poder para curar, libertar, transformar não é o bastante para o fazer um verdadeiro filho e seguidor de Cristo.

Achamos que porque temos fé em Deus isso já nos torna filhos de Deus. Ser um filho de Deus não se resume a “ver e saber” o que Ele pode fazer; para ser um verdadeiro filho de Deus ou uma verdadeira testemunha de Cristo é preciso se comprometer com a verdade. Ter uma experiência verdadeira com Deus através de uma entrega total; senão nosso testemunho é falso, sem verdade, sem conteúdo, vazio.

Quantos dizem que conhecem a Deus, que tem fé em Jesus, mas na hora do “vamos ver” desistem de sua fé, desistem de sua família, desistem do casamento, desistem de sonhar? Por isso é preciso ter uma experiência real com Deus, com o Espírito Santo. Sem essa experiência tudo que sabemos e vimos ainda é insuficiente para nos tornar testemunhas ou como explicado: mártires.

O verdadeiro mártir é aquele que depois que conhece quem é Jesus, nunca abre mão de sua fé, nunca abre mão de Deus, prefere morrer do que viver sem Jesus!

A pergunta é: você conhece Deus ao ponto de dizer que prefere morrer do que viver uma vida sem Jesus?

 

Conclusão: O verdadeiro Pentecostes!

Quer ter o seu Pentecostes? Não saia de perto de Jesus, não saia da igreja, não saia do Pequeno Grupo! Permaneça onde Jesus diz que você deve estar e assim você terá uma experiência verdadeira com Deus e quando isso acontecer, você será uma testemunha do que Deus fez com você e não com os outros somente.

Busque hoje essa verdade em sua fé e experimente do poder de Deus em sua vida e nunca mais você ficará desanimado, triste, indeciso, inconstante, inseguro. Quem conhece Jesus nunca O deixa, nunca O abandona; prefere morrer do que viver sem Jesus.

Faça como os discípulos hoje, não saia daqui sem ter essa experiência com o Espírito Santo, aceite o convite de Jesus para ser uma testemunha em qualquer lugar e em qualquer situação. Aceite as palavras de Jesus e você será revestido de uma nova vida!

27 de junho de 2017|Alimentando o Rebanho|

Sobre o Autor:

Deixar Um Comentário