Santidade, Vida Nova

  • Santidade, Vida Nova

Santidade, Vida Nova

Baixe essa lição aqui

 

Santidade, Vida Nova

 

“Quanto à antiga maneira de viver, vocês foram ensinados a despir-se do velho homem…” (Efésios 4:22)

Em Efésios 4:17-24 vemos que o homem nasce com um coração endurecido. Num determinado ponto da sua vida, decide confiar sua vida à direção ao seu Pai Celestial, enxerga seu pecado e se arrepende da vida pecaminosa que tem. Agora, ele recebe um coração convertido.

 

Daquele dia em diante, seu Pai se tornou o maior tesouro da sua vida e o pecado seu inimigo declarado. Agora, o Pai une a vida do convertido a do Filho dEle e isso lhe dá uma posição privilegiada recebendo diversos benefícios (Efésios 1.5-7,13,18-20; 2.1-22, 3.18-21).

 

Agora o propósito de vida passa a ser o enchimento da plenitude de Deus, mas sua posição e seu conhecimento não são suficientes. É preciso desenvolver uma mudança no seu “andar” diário. Assumindo esta posição privilegiada alcançada nesta união com Cristo a consequência de nossa posição deve ser:

 

  • Uma atitude que considera outro superior a você (4.1-3)
  • Uma unidade nas doutrinas básicas, mesmo que haja diferenças de menor valor (4.1-6)
  • Um uso dos dons espirituais que possibilitam a cooperação mútua (4.7-10)

 

O propósito de sermos intimamente unidos é o amadurecimento para sermos como Cristo (4.11-16), pois este amadurecimento é uma troca de estilos de vida: de ímpio para justo.

 

A vida de um ímpio (vs. 17-19)

 

  • Decisões baseadas em seus próprios pensamentos.. inúteis – v.17
  • O endurecimento do coração deixa-os ignorantes – v.18
  • Esta ignorância traz duas consequências:
    • a) você não consegue entender como deve pensar, falar e agir
    • b) vive separado de Deus.
  • Por não entender o perigo, se entregam a vida sem controle (satisfação animalesca).

 

Em outras palavras, a vida de um ímpio é a fome, a avidez por coisas impuras.

 

A vida de um convertido (vs. 20-24)

  • Seu ego deixa de ser o centro que é ocupado por Cristo.
  • A verdade não vem do que você deseja, mas de Cristo.
  • A decisão não vem de sua carne, mas da verdade de Cristo

 

Processo de Transformação Constante

O que sentimos é resultado do que falamos e o que fazemos, que é resultado do que pensamos que é resultado do que nos influencia. Influência à pensamento à ações à sentimentos. Nesse processo é preciso:

 

  • Despir-se do velho homem movido pelo engano que gera desejos (v.22)
  • Movido pelo desejo, você acreditava no engano e por isso age com pecado (Tiago 1.14)

 

O velho homem vive numa sequência: desejo – engano – pecado – sentimentos ruins (tristeza, depressão, amargura, etc.).

 

Exemplo:

Dinheiro  |  Serei feliz se tiver aumento  |  Briga por falta de aumento  |  Tristeza

 

É preciso renovar constantemente o espírito do seu entendimento – v.23, pois o pensamento do ímpio é movido por desejos, já o pensamento do justo é alterado pela Palavra. Não é apenas mudar o pensamento, mas a forma de pensar.

 

A santidade é revestir-se do novo homem movido por Deus, é acreditar na verdade e agir com justiça – v.24

O novo homem vive uma sequência: Cristo – verdade – justiça – sentimentos bons (alegria, segurança, paz, etc.)

 

Exemplo:

Agradar ao Pai  |  Contente  |  Passo a comprar menos  |  Alegria por não ter dívidas

 

Conclusão

Alcançamos uma posição em Cristo privilegiada, mas, não é para estacionarmos, mas, mudarmos constantemente.

Mudança: deixar a vida de ímpio e viver como Cristo

 

Vida de Ímpio Vida em Cristo
Centro: Ego Centro: Cristo
Motivação: Desejo Motivação: Ser como Deus
Engano Verdade
Pecado Justiça e Santidade

 

O que fazer para viver essa nova vida? Prossiga no processo de santificação: estude a palavra de Deus, reflita comparando a verdade com sua vida, confesse os erros, defina as mudanças conforme o modelo ensinado, celebre as vitórias alcançadas, compartilhe tudo com seu pastor e discipulador.

Sobre o Autor:

Aprendiz e seguidor de Cristo, teologia, marketing, administração, já estudei agora estudo direito. Sou marido, pai, filho, me adotaram como avô e pastor. O que mais amo na minha vida é falar da graça e do amor de Cristo. Dizer a todos que só Cristo nos dá a vida eterna.

Deixar Um Comentário