Baixe essa lição aqui

Introdução

Estamos nos aproximando de nossa convenção mundial e nosso tema é: “Força, Coragem… Avançar”. O nosso país está vivendo um tempo de profunda crise política, financeira, ética, moral e espiritual. Esse tema vem bem a calhar com a posição que nós temos que ter como cristão, humanos e cidadãos.

Ao lermos inúmeros textos bíblicos vemos que Deus faz ao homem a seguinte recomendação: Ter força. A começar de Noé recebeu ordem de Deus para construir a Arca (Gn 6: 14-21) foram cento e vinte anos. A cada dia pela manhã, Noé tinha que ter forças e coragem para avançar e construir algo que nunca havia sido feito antes. O mesmo aconteceu com Abraão ao sair da terra que herdou de Tera seu pai, para ir não se sabe para onde, fazer sabe lá o que. Ele tinha que ter força, coragem para avançar nessa empreitada (Gn 11:31 a Gn 12: 5). A única certeza que ele tinha, era que Deus estava com ele.

O mesmo aconteceu com Moisés e todos os personagens que a bíblia narra. Como falaremos sobre esse assunto durante as próximas semanas, nessa falaremos apenas sobre força.

Deus nos orienta a sermos fortes.

A primeira vez que Deus aparece e instrui alguém a ser forte foi logo após a morte de Moises. O povo estava sem um líder, sem orientação. O Senhor aparece a Josué e exorta a ele para que seja: “Forte e Corajoso” (Josué 1: 6) e Deus repete nesse mesmo capitulo primeira, quatro vezes: nos versículos 6, 7, 9 e 18.

Esse conselho dado por Deus a Josué não era ser forte fisicamente, Josué tinha cerca de 96 anos quando assumiu o lugar de Moisés, mas ser forte nas suas descrições, firme, resoluto, seguro, perseverante, ousado, arrojada, enérgico, superar suas limitações, resistir e continuar convicto que Deus o estava com ele. Josué pega esse ensinamento e transmite essa mesma mensagem para os hebreus.

Hoje vivemos os mesmos conflitos, dentro das nossas proporções. Todos os dias somos desafiados a sermos fortes.

A partir do momento em que levantamos, no nosso dia a dia, nos obriga a sermos fortes. Temos de ser fortes, em relação a nós mesmos, porque precisamos vencer as nossas limitações. Vencer a nossa indolência, vencer o pessimismo, vencer a nossa cotidiana covardia.

Somos colocados a prova todos os dias. A maioria dos nossos projetos pessoais são apenas projetos, porque não somos fortes o suficiente para executa-los.

Quando Deus fala com Josué, a bíblia não revela, mas o que nos leva a crer é que Josué estava vivendo uma angustia e um conflito interno muito grande. Outro fato que a bíblia não diz claramente, é quando surgiu Josué na vida de Moisés. Mas agora na entrada da terra prometida Josué tinha que superar a si mesmo. E acreditar que o Deus que ajudava e estava com Moisés, também estava com ele.

Com você não é diferente, a promessa que Jesus fez aos seus discípulos, nos alça:

“… E lembrem disto: eu estou com vocês todos os dias, até o fim dos tempos”-  Mateus 28:20b.

A suas descrições precisam ser decisões sabias. Mas não podemos nos esquecer que decisões sábias são frutos de experiências, não apenas de vida, mas de vida com Deus.

 

Conclusão

Seja forte, não importa sua posição social, raça, formação. Deus não se importa isso ele está interessado em você. E assim como ele falou com Josué ele está falando com você, seja forte, seja forte nas suas descrições, seja firme nas suas posições, resoluto na sua convicção, seguro de suas decisões, não pare no meio do caminho ou se influencie pelo pessimismo seja perseverante, seja ousado, seja arrojada não tenha medo de arriscar, enérgico auto motivado, superar suas limitações, resistir e siga convicto que Deus está com você.

 

2017-06-27T14:23:23+00:00 27 de junho de 2017|Alimentando o Rebanho|

Sobre o Autor:

Deixar Um Comentário